Extratos Bancários

Qual a Importância dos Extratos Bancários na Contabilidade da Sua Empresa?

Você conhece a importância dos extratos bancários para a contabilidade da sua empresa? Sabia que a ausência da contabilização dos mesmos pode causar multas?

Muitos pensam não ser obrigatória a entrega da documentação que comprove a movimentação bancária (extratos); mas isso é um grande erro, toda a documentação bancária deve ser mandada para a contabilidade mensalmente.  Não só os extratos, mas os documentos que comprovem cada débito e cada crédito, a menos que o histórico do extrato seja esclarecedor.

A seguir, alguns exemplos sobre o que a falta de extrato pode causar:

Depósitos sem a devida comprovação da receita (emissão de NF, duplicatas, etc.) são considerados pela legislação como receita omitida, sujeitando-se às severas penalidades para a empresa e para os sócios.

Por outro lado, saída de dinheiro da conta corrente, sem o devido esclarecimento sobre seu destino, será considerada retirada de Pró-Labore, ocasionando na taxação dos sócios na pessoa física, por se tratar de uma receita tributável.

Como já falamos em vídeo, a fiscalização se utiliza de uma ferramenta eletrônica chamada E-Financeira, com a qual TODA movimentação financeira de pessoas físicas e jurídicas é rastreada.

Assim, se a fiscalização já sabe, por que tentar esconder?

Isto nos leva ao 2º passo para evitar problemas com o fisco:

  • Toda a pessoa jurídica deve manter a sua conta bancária exclusivamente com os movimentos da Pessoa Jurídica, sem misturar, seja por qualquer motivo, com o movimento particular dos sócios.

Observar o “Princípio da Entidade”, o qual diz que tem de haver plena distinção entre Pessoa Física e Jurídica, ou seja, o patrimônio ou movimentação financeira da empresa JAMAIS devem se misturar com o patrimônio ou movimentação financeira de seus sócios ou de outras empresas, no caso de grupos empresariais.

  • Todos os cheques devem estar relacionados ao comprovante da obrigação paga.
  • Valores depositados devem estar relacionados aos valores de venda à vista, duplicatas de clientes e outros valores recebidos.
  • Os extratos bancários de todas as contas mantidas pela empresa são INDISPENSÁVEIS para a contabilidade, para devida contabilização e conciliação das operações.
  • Após o encerramento de cada mês, os extratos e documentos bancários devem ser entregues ordenados por data (verificar a continuidade dos saldos) até o 5º dia do mês seguinte.
  • São igualmente indispensáveis os extratos de aplicação financeira.

Aprendemos, então, que os extratos bancários são o parâmetro de confiança quando falamos de valores que entraram e/ou saíram da empresa: todos têm ORIGEM e DESTINO oficiais; contra isso, não há o que temer da fiscalização. Ao contrário, quando um fiscal compara o extrato bancário com os registros contábeis de uma empresa e verifica que está tudo lançado dentro da lei, a atitude dele muda: ele começa a encarar a empresa e seus dirigentes como pessoas sérias, abandonando a ideia de que “todos são culpados até que se prove o contrário.”

Se você, empresário, quer ter um sono tranquilo, converse conosco sobre administração financeira correta e sua contabilização. Estamos aqui para ajudá-lo com quaisquer dúvidas sobre contabilidade que você venha a ter.

Aproveite e confira algumas dicas para melhorar ainda mais a gestão da sua empresa!

Até logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.