NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA: É O FIM? COMO VOLTAR A EMITIR?

O sistema gratuito para a emissão da Nota Fiscal eletrônica foi descontinuado. Saiba como resolver isso e continuar emitindo a NF-e.

Agora que a emissão da Nota Fiscal Eletrônica parece ter encontrado o seu fim, mais e mais pessoas estão perdendo a cabeça ao imaginar que não será mais possível emitir a NF-e pelo sistema gratuito.

Mas, calma! Não é bem assim! É fato que o sistema gratuito foi descontinuado. Entretanto, ainda é possível emitir as notas fiscais eletrônicas sem desafio algum, de forma completamente legítima e segura! Aprenda como!

Vamos aprender mais e descobrir como superar este desafio?

Confira abaixo o que trataremos neste post:

  • A descontinuação da emissão da nota fiscal eletrônica;
  • O que é a NF-e;
  • A solução.

A DESCONTINUAÇÃO DA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA

Essa história começou com um anúncio da SEFAZ-SP, a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. Lá, era informado que, a partir do dia 1 de janeiro de 2017, todos os aplicativos responsáveis pela emissão da Nota Fiscal Eletrônica seriam descontinuados.

O SEFAZ-SP foi além e informou que a decisão aconteceu porque a maior parte dos contribuintes já não utilizava mais o emissor gratuito. Mas, por quê?

Ora, essa mesma maioria prefere utilizar ferramentas personalizadas, geralmente já incorporadas aos seus próprios sistemas. Com a popularização de soluções para a gestão financeira das empresas, utilizar um aplicativo à parte começou a fazer cada vez menos sentido.

Com o tempo, as pessoas que migraram das notas fiscais em papel ao processo digital começaram a se desinteressar pelo sistema gratuito e se mantiveram fiéis a opções mais completas, o que determinou o fim.

Logo, já não era mais possível fazer o download das ferramentas, mas quem ainda as possuía instaladas poderia continuar usufruindo delas. O problema está na falta de atualizações para os sistemas, já que as mudanças nas regras de validação de NF-e deixaram de ser aplicadas aos aplicativos desde janeiro de 2017.

A descontinuação da emissão da nota fiscal eletrônica chega, de certa forma, como uma surpresa para muitos dos contribuintes, principalmente para aqueles que não utilizavam ferramentas próprias. Isso porque a SEFAZ visava, com a implantação desse sistema, abolir a criação de notas fiscais manuais – aquelas onde era preciso escrever três vias.

O QUE É A NF-e?

A emissão de notas fiscais eletrônicas é uma facilidade e tanto. Com elas, é possível fornecer um comprovante com valor fiscal ao cliente, de forma ágil e moderna.

Além disso, é emitido, de forma automática, um arquivo para a Secretaria da Fazenda, que garante a integridade do documento e que pode ser integrado aos sistemas contábeis utilizados por empresas de contabilidade.

Você sabe o que pode acontecer se você não trabalhar com a NF-e?

Primeiro que, na maioria dos municípios, a NF-e é obrigatória. Logo, é necessário que o empresário encontre uma forma de emitir suas notas fiscais eletrônicas o mais rápido possível.

Segundo, ela é muito mais vantajosa que a Nota Fiscal convencional, em papel. Isso porque é possível reduzir as despesas com papel e transporte de toda a papelada.

Como o processo é automatizado, é mais fácil ter um bom controle fiscal, evitar a sonegação de impostos e eliminar os erros que podem acontecer durante o preenchimento. A automatização da emissão da NF-e também permite que todas as partes envolvidas recebam o documento de forma ágil e segura, garantindo a transparência e a confiabilidade do processo.

E para certas empresas, ainda é possível obter descontos no IPTU e no ICMS!

Por que perder todos esses benefícios e continuar correndo riscos? Não faça mais parte da população que está presa ao passado!

QUAL A SOLUÇÃO PARA ISSO?

Ainda que seja possível utilizar os aplicativos para a emissão da nota fiscal eletrônica de forma gratuita, é altamente recomendado que o uso dessas ferramentas seja interrompido. Como já mencionado, o sistema gratuito deixou de receber atualizações desde o dia 1 de janeiro de 2017. Por isso, vale a pena investir em uma ferramenta própria ou – mais simples – adotar uma plataforma terceirizada.

Para facilitar a sua vida, a Audiens saiu na frente e criou uma ferramenta que possibilita a emissão das Notas Fiscais Eletrônicas, garantindo total segurança e legitimidade aos processos e permitindo que você continue realizando o seu trabalho da mesma forma de antes.

Não se prenda ao passado e continue a usufruir os benefícios da tecnologia da NF-e! Utilize o emissor de Notas Fiscais eletrônicas Audiens e se mantenha à frente da concorrência!

Em caso de dúvidas, você sempre pode entrar em contato conosco. A Audiens é especialista em resolver desafios e nós convidamos você, contador, e você, empresário a testarem a nossa ferramenta.

Garantimos a sua satisfação, a segurança e a legitimidade do processo.

Se quiser, podemos marcar uma conversa para discutir mais sobre como a emissão das NF-e podem impactar o seu negócio de forma positiva e solucionar outras dúvidas que você possa vir a ter!

Descubra como evitar erros na gestão de notas fiscais.

Sucesso e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.