Gestão Financeira De Uma Empresa

6 dicas para melhorar a gestão financeira de uma empresa

Se você enfrenta problemas para controlar as suas finanças, confira nossas dicas para fazer a gestão financeira de uma empresa

Muitos empreendedores enfrentam dificuldades para descobrir como fazer a gestão financeira de uma empresa, o que é muito preocupante, levando em conta a importância das finanças para o desenvolvimento de um negócio – somente com condições favoráveis é possível sobreviver e crescer no mercado.

São muito comuns os casos em que o empresário domina os conhecimentos específicos da sua atividade, mas não tem a expertise sobre os controles financeiros da empresa. Apesar de parecer uma tarefa complicada, com alguns cuidados básicos já é possível melhorar a gestão financeira de uma empresa e colocá-la no caminho do sucesso.

Preparamos, neste artigo, 6 dicas de como fazer a gestão financeira de uma empresa. Confira.

  1. Conheça a estrutura da sua empresa

A primeira coisa que você deve fazer para melhorar a gestão financeira da sua empresa é buscar conhecer a fundo toda a estrutura do seu negócio. Quais são as atividades essenciais realizadas? Como funcionam os processos desde o pedido de compra de uma mercadoria até a sua venda para o cliente? Quais são as atividades de suporte a essa atividade?

Fazer esse mapeamento a respeito da estrutura da empresa será importante para que você consiga identificar onde estão localizadas as principais despesas e enxergar como o dinheiro que entra no caixa está sendo utilizado.

  1. Registre tudo o que acontece

O registro de todas as movimentações realizadas pela sua empresa é fundamental para uma gestão financeira eficiente. Isso pode ser feito em um bloco de papel, uma planilha no Excel ou em um software específico: o importante, mesmo, é que você não deixe passar sequer uma operação sem registrar.

É com base nesses registros que você vai analisar a situação financeira do seu negócio e trabalhar na sua melhoria. Afinal, a falta de conhecimento sobre a origem e o destino do dinheiro é a principal causa da desorganização financeira. Como você conseguirá saber quanto lucrou ao longo de um mês sem saber quais foram as operações realizadas?

  1. Vá em busca das principais despesas

Com base nos registros das operações realizadas, você poderá identificar quais são as principais despesas da sua empresa. Geralmente, os empreendedores possuem uma ideia equivocada até o momento em que visualizam a soma de cada uma das contas pagas ao longo de um período.

  1. Controle entradas e saídas futuras

Não é somente o presente que é importante quando falamos sobre a gestão de uma empresa. Todas as movimentações agendadas para o futuro também impactam diretamente na saúde financeira. Portanto, controle todas as operações futuras e se prepare para elas – dessa forma, você não será surpreendido por um grande volume de despesas que podem acabar com as suas finanças daqui alguns meses.

  1. Dê atenção a todas as áreas da empresa

É difícil adquirir uma visão sistêmica da sua empresa, mas com o tempo, você notará que todas as áreas estão interligadas e interferem nas finanças. Dê atenção a elas e mensure os impactos no caixa do seu negócio. Veja só alguns exemplos:

  • Estoques – O controle efetivo dos estoques pode diminuir os custos com armazenamento e proporcionar melhores condições de compra;
  • Gestão de pessoas – A gestão eficaz dos funcionários da sua empresa pode ser responsável pela previsibilidade nas despesas, redução de encargos trabalhistas e pelo aumento da produtividade de toda empresa.
  • Produtos – Saber o valor correto que deve ser cobrado em cada um dos seus produtos é tão importante quanto conhecer os custos deles. Afinal, é isso que gera o lucro do seu negócio.
  1. Terceirizar a contabilidade ajuda na gestão financeira de uma empresa

Outra dica para tornar a gestão financeira de uma empresa mais eficiente é terceirizar a sua contabilidade. Essa é uma decisão muito benéfica por diversos aspectos. Veja só:

  • Redução de custos – A terceirização da contabilidade é uma alternativa que apresenta menos investimento do que manter um setor interno de contabilidade na sua empresa.
  • Cumprimento das obrigações legais – A contabilidade é uma obrigação legal para todas as empresas do Brasil, e a falha no cumprimento das exigências podem resultar em multas e juros – ou seja, mais custos ainda.
  • Ajuda na gestão do negócio – O contador é um profissional com experiência em todas as áreas da gestão de um negócio, podendo se tornar um poderoso aliado na gestão financeira de uma empresa.
  • Foco na sua atividade – Ao terceirizar a contabilidade, você terá tempo para focar na sua atividade-fim e promover o crescimento do negócio.

Você já coloca em prática alguma dessas dicas sobre gestão financeira de uma empresa? Conte pra gente pelos comentários e até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.