Montar A Própria Loja Virtual

08 dicas para montar sua loja online!

Muitos empreendedores já perceberam que a demanda de busca por compras a partir do meio online, tem crescido exponencialmente.

Milhares de pessoas estão conectadas à internet nesse momento, seja buscando por informações, seja buscando por produtos ou ainda buscando serviços.

O mundo mudou e as empresas estão sendo obrigadas a acompanhar as tendências mundiais, do contrário, deixarão de existir.

Com essa realidade já atuante há alguns anos, muitas empresas perceberam a necessidade de montar a própria loja virtual, mantendo assim os mesmos propósitos, valores e objetivos que a física já existente.

No entanto, ainda hoje, muitas dúvidas rodeiam a mente dos empreendedores, que estão ávidos por fazerem parte desse universo que permite cada vez mais crescimento empresarial e melhores faturamentos, já que inúmeras possibilidades podem ser trabalhadas a partir do universo online.

Se você está consciente da necessidade dessa atuação, fique atento a essas 8 dicas fundamentais para montar uma loja online.

        1-Contrate uma boa plataforma

Grandes agências de marketing digital não costumam contar os segredos do sucesso empresarial no mundo online, mas existe sim algumas portas e janelas que podem ser acessadas para quem deseja se fazer notado na internet.

A plataforma é o primeiro passo para que uma pessoa consiga montar com êxito uma loja virtual. Isso porque se tratando de um e-commerce são necessários códigos, fontes, arquivos que permitem com que o site seja seguro tanto para o cliente que deseja comprar e passar o cartão, como para a empresa que recebe o dinheiro através das vendas virtuais.

Para isso é preciso ter uma boa plataforma e claro, uma equipe competente que saiba fazer tudo isso!

         2-Que produtos ou serviços: Exposição das ofertas

Quais são os produtos que você tem a oferecer?

Lembre-se que cada imagem conta, ainda mais no meio virtual, onde não é possível sentir gosto, cheiro ou textura. Por isso, ter a exposição das ofertas feitas de modo apropriado se torna tão relevante.

        3-Descrição do que se vende

Todo produto precisa de descrição, as respostas devem sempre envolver:

  • Para quê?
  • Para onde?
  • Por qual motivo?
  • Benefícios?

    4-Política de valor e de troca

Todo site precisa ter sua política delineada e visível. Nessa política deve constar direitos dos consumidores e deveres da empresa para com o consumidor e o mercado.

          5-SEO

Muitos empreendedores ainda desconhecem o termo em inglês que é muito famoso no meio digital. SEO – Search Engine Optimization significa no português otimização para buscadores. Sabe o famoso Google?

Ele é quem permite com que a busca orgânica seja engajada. Daí várias estratégias surgem para que esse processo seja alcançado. Portanto, tanto nas descrições, como na parte institucional e nos textos do blog, é preciso conter as técnicas de SEO para um melhor posicionamento de seu site junto aos motores de busca.

        6-Redes Sociais

E falando em aparecer, as redes sociais fazem parte de outras ferramentas de alavancagem do negócio. Sendo assim, é preciso criar fanpages (páginas empresariais) em cada rede social. Caso não tenha condições de administrar tudo, é preciso contratar uma agência e ou pelo menos, ter uma página no Facebook.

       7-Relacionamento com o público

O Inbound Marketing (Marketing de Conteúdo) trabalha com a conquista do cliente e esse serviço é feito de modo muito estratégico, com gatilhos mentais, estímulos neurológicos e assim por diante.

Não dá para achar que apenas criar um site e deixá-lo sem manutenção e nutrição, será o suficiente. É preciso dedicação diária e isso envolve também o relacionamento com o público. Ou seja: criar um blog integrado ao site, postar conteúdo relevante, mandar e-mails de nutrição, responder a perguntas e críticas, e etc. Tudo isso é fundamental para o bom relacionamento com seu público.

       8-Matérias sobre o assunto…

Por fim e não menos importante, é chegada a hora de criar matérias que tenham a ver com suas ofertas, ou seja, empresas que vendem botas, sapatos, eletrodomésticos ou atendimentos podem ser felizes ao trabalharem com uma equipe de marketing que tenha condições para estimular as vendas de maneira a tocar o leitor, mesmo que a distância.

Obviamente para isso é preciso conhecimento, técnicas específicas e empenho!

Depois de refletido sobre o assunto, o que te falta mesmo para começar a ganhar dinheiro no universo digital?

Pense nisso e muito boa sorte ao empreender com seu e-commerce em 2017!

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.